Buscar
  • Comunicação ACE Itaúna

A transformação digital no varejo

Curso criad

Curso criado pelo consultor Luis Lobão ensina o empresário a se reinventar


Prof. Luis Lobão, nosso colunista e especialista em Governança de Empresas Familiares e Estratégia de Crescimento, está lançando uma mentoria on-line sobre transformação digital. O trabalho é focado em entender a real necessidade dos clientes e traduzi-la em oportunidades de negócio. “A ideia é proporcionar a evolução do conhecimento do empresário e prepará-lo para o cenário do Business Experience”, explica Lobão.


Ao lado do especialista e professor da escola de inspiração e criatividade, Rodrigo Schilling, Lobão apresentará nove módulos para empresários que querem entender e participar das transformações que estão acontecendo neste momento no mercado. Transformação digital, aliás, será o tema do próximo livro do consultor. “Estou preparando esse trabalho que analisa de perto os caminhos pelo quais os negócios terão que trilhar nos próximos anos”.


Com passagem pela Fundação Dom Cabral e HSM Educação Corporativa, Lobão tem coordenado missões ao Vale do Silício e também realizado projetos de mudança organizacional, ajudando empresas a desenvolver o que ele chama de vantagem digital. Aproveitamos o lançamento da mentoria, que acontece hoje, às 19h (Www.td4x4.com.br), para entrevistar o especialista. Confira!


Qual a importância do seu programa nesse momento?


Nessa altura do campeonato, qualquer empreendedor, empresário ou gestor, já jogou o seu plano de negócios de 2020 no lixo. Todos foram atropelados pela crise provocada pelo coronavírus. Quem ainda não estava pronto para se transformar digitalmente está se vendo obrigado a fazer isto à força (e às pressas). Uma das consequências da pandemia é a necessidade de empresas contarem com soluções on-line para manter seus negócios em andamento.  A proposta do nosso programa é preparar a liderança para este novo mindset! As empresas que desejam ter sucesso em seus setores e nos ecossistemas emergentes devem aprender a desenvolver uma “Vantagem Digital”. Este é o objetivo do nosso programa, mostrar quais os conhecimentos básicos para ingressar neste universo.

E quem não tem nenhuma presença digital?

Definitivamente, a transformação digital será forçada. Para que empresas e marcas sobrevivam, o canal on-line terá de ser uma realidade para os negócios. Empresas que não ofereciam opção de contato ou compra remota (e-commerce / delivery) viram nesta modalidade a única saída para manutenção dos negócios neste momento. Empresas terão que abandonar a “gambiarra digital”. Ou é digital ou não é. Acho que as plataformas digitais competentes, mesmo que sejam pequenas, são as que vão sobreviver. É interessante ver que a marca mais lembrada no momento de crise, segundo publicação da Revista Exame, é da Magazine Luiza, uma empresa de varejo! Isto mostra uma mudança drástica de comportamento do consumidor. O consumo de produtos para bem-estar e a valorização do tempo como bem precioso fará com que e-commerce e vendas on-line se consolidem no Brasil. A realidade é que a mudança não tem volta.

Mas existem poucas empresas com presença digital no Brasil.

É verdade. A maioria das empresas de varejo no Brasil ainda resistem a terem uma presença digital! Talvez por não entenderem ainda a tecnologia ou por tentarem manter um modelo que já se demostra ultrapassado.  As empresas que estão esperando tudo isso passar saíram de uma posição conservadora para uma de “teimosia”. Esas são as que correm o maior risco de não conseguirem se sustentar caso tudo isso dure mais tempo do que o esperado.

O importante agora é não ver a crise como momento de apenas cortar custos. Se possível, é necessário investir em novas áreas e em novas tecnologias. Teremos muitas oportunidades para as empresas que agirem rápido. Como eu já escrevi anteriormente, vamos renascer num mundo novo, viveremos um “novo normal” (veja artigo), a vida vai ser diferente, ninguém sabe exatamente como, mas temos que estar abertos e preparados para nos adaptar com agilidade ao que vier pela frente.

E a maior transformação vem de onde?

Já veio. É o consumidor digital, que incorporou em suas expectativas de decisão de compra questões catalisadas pelas ferramentas digitais, como instantaneidade, redução de burocracia, quebra de barreiras geográficas, autonomia, transparência, entre outros. Esse é o verdadeiro consumidor empoderado.

O que dizer para os pequenos, sem presença digital, que estão contando os trocados para não fechar as portas?


Diria que a crise é temporária, mas que a transformação não. As mudanças que estamos testemunhando vão deixar sementes plantadas, com os frutos a serem colhidos muito em breve. É importante, sim, fazer uma proteção do caixa e reduzir custos, mas a sobrevivência do seu negócio vai depender de como você irá gerir seus canais de venda daqui para frente! E, sem dúvida, isso passa pelo relacionamento digital com o seu cliente.

É fundamental que o pequeno empresário compreenda que o impacto da conveniência e o comportamento de consumo remoto será algo que irá além das soluções pontuais. Teremos um novo modelo de varejo e o canal tradicional terá que se reinventar. Caso contrário, esses comerciantes correm o risco de fazer parte da lista de empresas engolidas pela Covid-19.

Saiba mais sobre a mentoria acompanhando a live com Luis Lobão e Rodrigo Schilling Www.td4x4.com.br

Atenção: Usando o cupom TD@CNDL10, você ganha 10% de desconto.


Fonte: FCDL MG

2 visualizações
Acompanhe nossas Redes Sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
© Todos os direitos reservados | Comunicação ACE Itaúna 2020.