Buscar
  • Comunicação ACE Itaúna

Conheça os principais golpes praticados na atualidade e se proteja


Vários são os golpes aplicados pelos estelionatários no Brasil. E durante a pandemia, alguns, principalmente os executados pelos meios digitais, têm se multiplicado. Os criminosos têm se aproveitado do momento de crise para aplicar uma série de golpes virtuais. Por isso, é importante que você e sua família fiquem atentos para não se tornarem mais uma vítima.


Até o auxílio emergencial, que promete o pagamento  de R$ 600 para trabalhadores informais e autônomos, foi alvo dos criminosos. De acordo com a PSafe, mais de 7 milhões de pessoas no Brasil foram vítimas do golpe, que consiste em um site que finge ser a plataforma oficial de cadastro do governo e rouba os dados preenchidos pelo usuários que acreditam estar no site correto.


Para a assessora jurídica da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais, Sara Sato, nesse momento de pandemia e de isolamento social é preciso redobrar a atenção.


“É preciso ter muito cuidado e atenção quanto aos golpes dos estelionatários que utilizam da boa-fé das pessoas.  Ligações suspeitas que procuram iludir as pessoas sobre falsos sequestros, carros roubados, cartão clonado, conferência de dados, inclusive via whatsapp, são comuns nesse momento e exigem de todos cautela e racionalidade quando da abordagem”, analisou.


Confira outros golpes que têm se destacado no período de pandemia:


– Agende teste do coronavírus em casa; – Fabricação de vacina Covid-19; – Kit gratuito de máscara e álcool em gel dado pelo governo; – Álcool gel da Ambev. Registre-se; – Aplicativos rastreadores de doença pelo mundo; – Sites falsos sobre o coronavírus; – Spoofing de e-mail com links maliciosos (e-mails falsos de hospitais);


Os tipos de golpes citados acima consistem em links maliciosos propagados via WhatsApp, e-mails e redes sociais.


Eles são categorizados na prática conhecida como Phishing (“pescaria”, em português), que consiste no ato de tentar adquirir informações como nomes de usuários, senhas, detalhes de cartão de crédito e, às vezes, indiretamente,dinheiro, fingindo ser uma entidade confiável em uma comunicação eletrônica. Os ataques de phishing podem resultar na exposição e perda de informações que podem ser usadas de maneira maliciosa e prejudicar a reputação da vítima.


Algumas dicas para se proteger desses golpes virtuais são:


– Não faça download de softwares e aplicativos de origem desconhecida; – Não abra links desconhecidos enviados por e-mail ou aplicativos; – Habilite a verificação em duas etapas nos aplicativos e e-mails; – Desconfie sempre e cheque a fonte; – Não clique em links contidos em SMS, mensagens instantâneas ou em postagens em mídias sociais de pessoas ou organizações desconhecidas, que possuem endereço suspeitos ou estranhos.


Outra medida importante para não cair em golpes é não enviar dinheiro ou valores solicitados por mensagem ou ligação. Certifique-se de quem se trata a pessoa com quem você está em contato para não cair em um golpe.


Mas seja em tempos de coronavírus, ou não. Os criminosos também possuem possuem diversas outras formas de atuação. Pensando em proteger o cidadão, a Polícia Civil de são Paulo desenvolveu um cartilha com os principais golpes da atualidade.


Baixe aqui a cartilha e compartilhe!

0 visualização
Acompanhe nossas Redes Sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
© Todos os direitos reservados | Comunicação ACE Itaúna 2020.