Buscar
  • Comunicação ACE Itaúna

Instagram como plataforma de vendas para o seu negócio

Você tem olhado para as mídias sociais na hora de pensar em formas alternativas de vender os produtos do seu negócio? A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) provocou impactos importantes sobre os pequenos negócios, mas há opções criativas para manter as vendas de produtos e serviços. Ótimos espaços para atrair, engajar e converter, o uso de ações de marketing em redes sociais é uma boa opção para aqueles que nunca precisaram vender online, mas que agora, com as portas de estabelecimentos comerciais fechadas, precisam se adaptar rapidamente a atual realidade do país. Vender pelo Instagram, por exemplo, é uma realidade ao alcance dos pequenos empresários. Antes considerada apenas uma rede de compartilhamento de imagens, agora a rede social se comporta como vitrine e loja online. Nos últimos meses, diversas ferramentas foram lançadas pela plataforma para potencializar as vendas, trazendo uma oportunidade interessante de e-commerce. Como mostra pesquisa da Locowise, 75% dos usuários do Instagram já fizeram uma ação, como visitar um site, a partir de um anúncio ou publicação. Além disso, a pesquisa também mostrou que metade dos usuários da rede social seguem ao menos um negócio, e que 60% deles afirmam aprender sobre um produto na plataforma. Diante de dados como estes, fica claro que vender no Instagram para impulsionar seu e-commerce é uma escolha sábia. Embora seja muito atraente – e divertida de se trabalhar –, ainda são poucos os empreendedores que realmente sabem como vender pela rede social. É por isso que trouxemos algumas dicas práticas para você vender no Instagram. Confira! 1. Tenha um perfil comercial A primeira dica de como vender no Instagram é começar a trabalhar sua base, o seu perfil na rede social. Para ter acesso às melhores funções para uma empresa, o perfil a ser usado deve ser de caráter comercial. Isso precisa ser levado em conta seja para quem cria o perfil do zero para sua empresa, seja para quem usa o perfil pessoal para os anúncios. No segundo caso, é possível alterar o tipo de perfil e transformar a sua conta pessoal em comercial. A conta comercial oferece recursos de análise de dados, métrica, impulsionamento e possibilidade de link no stories. Para isso, basta criar uma fanpage no Facebook e vincular com a sua conta do Instagram. Não é possível criar uma conta de negócios sem a Fanpage. Depois que seu perfil estiver com a função comercial, você deverá fazer algumas otimizações simples. O objetivo dessas otimizações é passar uma boa imagem inicial do seu negócio, capaz de atrair seguidores e futuros clientes. 2. Ajuste a BIO (biografia ou descrição) e foto do perfil Preste atenção à biografia do Instagram. A frase ali descrita deve contar para o seu cliente o que você faz e como pode ajudá-lo. A descrição do seu negócio deve ser pensada com a finalidade de conversar com seu público, fazendo-as decidir se vão ou não seguir o perfil e clicar na sua página.  Alguns pontos que não podem faltar: o diferencial da marca, o segmento no qual atua e o link do site ou Whatsapp. É muito importante que a foto do seu perfil comercial faça referência à empresa. Pode ser um logotipo ou, caso sua empresa tenha por foco sua própria imagem, pode ser uma foto tirada com um ar bem profissional, que te mostre como autoridade no assunto. 3. Instagram Shopping: crie sua loja Nessa plataforma você pode cadastrar seus produtos e vender diretamente por lá. Isso diminui o caminho de compra do seu cliente. Assim, em vez de jogar o consumidor para outra página, é possível vender diretamente pelo Instagram. Para tal, basta cadastrar os seus produtos no marketplace do Facebook e fazer a marcação nos seus posts. 4. Ofereça conteúdos poderosos para seu público Produza conteúdo relevante regularmente. Não adianta criar um perfil e não produzir nenhum tipo de conteúdo, porque as pessoas vão deixar de acompanhar a sua marca. Você pode fazer uso de uma série de vídeos curtos respondendo alguma dúvida da sua audiência pelos stories. Ainda há a possibilidade de usar fotos e boas imagens com mensagens de valor, ou que convidem os seguidores à tomada de atitude. Lembre-se: mensagens ou legendas com um poderoso uso do call-to-action fazem a diferença na hora de vender no Instagram. Use aplicativos que façam postagens agendadas e publique imagens bonitas, harmônicas, pois o Instagram é uma rede visual. E, para melhorar os resultados, não esqueça de interagir com seus seguidores. O Instagram tem uma linguagem própria. Assim sendo, não cabe toda aquela seriedade do mundo corporativo. Aposte em postagens divertidas para gerar maior engajamento e não esqueça de usar os emoticons para aumentar o engajamento e a conversão. As imagens criam mais empatia no possível cliente e tornam suas mensagens mais simpáticas.

  • Aposte em conteúdo em vídeo! Publique-os com regularidade, de preferência com conteúdos que facilitarão a vida da sua audiência. Mas esteja atento: no Instagram os vídeos só podem ter 60 segundos. Se tiver necessidade, corte o vídeo e duas partes e publique como carrossel.

  • Fique ligado no IGTV! um recurso novo que veio para “competir” com o Youtube. Por enquanto ele aceita vídeos de até 1 hora. Embora ainda não seja um espaço de muito engajamento, o Instagram acredita que é o momento para novos influenciadores se estabelecerem no canal.

  • Faça Lives! Os vídeos ao vivo têm sido recursos que trazem bastante resultado numa estratégia de redes sociais. Quando começa uma Live, o Instagram automaticamente avisa aos seus seguidores, que podem interagir com você.

Você precisa envolver os espectadores na experiência antes de oferecer o produto. É assim que poderá vender mais no Instagram. 5. Abuse do Stories para vender O recurso stories é uma febre. Com mais de 300 milhões de usuários e crescendo, vem sendo constantemente usado por empresas em estratégias de como vender no Instagram. Desde de 2017, o Instagram possibilitou que usuários com mais de 10 mil seguidores pudessem adicionar links em seus Stories. Isso permitiu que muitos construíssem histórias chamativas sobre um produto, podendo dispor o link de venda no Instagram. Uma pesquisa feita pelo portal de notícias O Globo que mostra, inclusive, que de 3% à 15% das vendas acontecem depois da divulgação pelo Instagram. Como o Stories possibilita colocar informações momentâneas que duram 24 horas, muitas empresas aproveitam para bolar técnicas de divulgação e tráfego. Mas atenção! Não empilhe stories. Analise a seguinte situação: Você tem um stories importante para postar, mas antes disso já tinha feito diversos posts por ali. A barra de rolagem está longa – o que trava muitos telefones. Consequentemente, as pessoas pularão os seus stories, deixando de assistir o que tem de mais importante ali. Portanto, aja com inteligência… Posts mais relevantes em primeiro lugar e nada de stories muito longos. 6. Mensagem por direct O direct, além de te permitir conversar com seus clientes, permite o envio de links. Assim, você pode criar um link de pagamento na sua plataforma para o produto que o cliente deseja. Esse link te ajuda a reduzir o caminho de compra do cliente, te ajudando a vender mais e mais rápido no Instagram. 7. Hashtags As hashtags são um símbolo das redes sociais. Elas são a principal ferramenta para alcançar novos seguidores para sua página e, consequentemente, vender no Instagram. Utilize palavras pertinentes ao seu negócio para atrair pessoas interessadas. Pesquise quais são as hashtags mais buscadas e tente implementar no seu dia a dia. Isso fará com que pessoas que se interessam pelo tema visualizem a foto e cheguem até o seu perfil.  Quando seu perfil já mostra o link do produto, traz fotos de qualidade e tem um feed interessante, é provável que a pessoa seja fisgada e você ganhe um cliente. O engajamento é natural caso o conteúdo que apresenta no seu seja de qualidade e tenha relevância para seu público. De nada serve ter imagens lindas de gatinhos se seu público gosta de cachorrinhos. Entendendo seu público, perceberá que irão começar a comentar em suas publicações, curtir e responder seus Stories. As hashtags servem pra marcar o conteúdo dentro da base de dados do Instagram, facilitando a pesquisa. O Instagram aceita até 30 hashtags por postagem, mas o ideal é colocar somente 5 na legenda do post. O resto, coloque no primeiro comentário. 8. Ofertas, cupons e descontos exclusivos para seguidores Um estudo da Iconosquare revelou que 41% dos usuários que seguem um negócio no Instagram o fazem por conta de brindes e descontos. Outro número apresentado pelo estudo é de que 70% dos usuários da rede social já participaram de algum concurso dentro da plataforma. Embora o primeiro dado seja um pouco entristecedor, é preciso saber lidar. Como um dos fortes do Instagram é sua capacidade de atrair e gerar leads, dedique uma parte dos seus conteúdos a ações que busquem esse resultado, além de vendas. Você pode criar posts com descontos promocionais para seguidores do Instagram, ou oferecer brindes e bônus para compras realizadas a partir do link da empresa na rede social. Por fim, use ainda concursos em sua estratégia. Eles podem ser feitos com a finalidade de gerar mais seguidores e leads, ou mesmo estimular mais vendas no Instagram. 9. Faça parcerias com influenciadores O poder que os influenciadores e formadores de opinião têm sobre o público é conhecido há muito tempo. Por isso que empresas de todos os segmentos investiram e investem em parcerias que vinculam suas marcas a uma celebridade, por exemplo. Hoje em dia o uso dessa estratégia, chamada marketing de influência, é ainda mais importante. Com o passar dos anos as pessoas deixaram de confiar na publicidade tradicional, em celebridades da televisão, e têm apostado as fichas em formadores de opinião de nicho. Assim, busque influenciadores que conversem com a sua marca e considere formar uma parceria para estimular a venda no Instagram. Como são autoridades com credibilidade, as pessoas costumam confiar quando eles dizem que um produto é bom. 10. Anúncio no Instagram (Instagram Ads) O uso do recurso para criação e transmissão de anúncios na rede social não pode faltar nas nossas dicas de como vender no Instagram. Com a ferramenta é possível anunciar posts patrocinados no formato de fotos, carrossel de imagens e vídeos. Eles são ótimos para ajudar na educação dos seguidores quanto aos produtos ou serviços da sua empresa. Sem falar que, assim como as campanhas do Facebook Ads ou Google Ads, os anúncios na rede social são impulsionados e ganham visibilidade mais facilmente. Fazer uso dessa ferramenta é um poderoso componente em qualquer estratégia de como vender no Instagram. Fonte: Ecommerce na Prática

1 visualização
Acompanhe nossas Redes Sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
© Todos os direitos reservados | Comunicação ACE Itaúna 2020.