top of page

Saiba como varejistas podem capturar o tempo e a atenção do consumidor





Capturar o tempo e a atenção do consumidor é um dos grandes desafios dos supermercadistas. Os clientes de hoje exigem uma experiência verdadeiramente sem atritos e, enquanto os varejistas estão acordando para a realidade de que a chave para vencer a guerra omnichannel é aproveitar o dispositivo móvel que já está nas mãos dos consumidores, eles precisam pensar cuidadosamente sobre como a tecnologia móvel se encaixa na experiência completa do cliente.




Para Samuel Mueller, CEO na Scandit, a tecnologia na loja precisa fazer mais do que simplesmente acelerar os pagamentos. Ele precisa fornecer maneiras novas e inovadoras de fazer compras e proporcionar aos clientes uma experiência verdadeiramente memorável que os faça querer voltar uma e outra vez.


De acordo com o executivo, uma das inovações mais recentes são as lojas sem a presença dos caixas, como Amazon, Sainsburys e os recentes outlets da Aldi. Conceitos como esses elevam exponencialmente as expectativas dos consumidores. No entanto, essas lojas emblemáticas exigem remodelações caras, que só funcionam para uma gama limitada de produtos e atendem melhor a uma pequena área.


Então, como uma gama mais ampla de varejistas pode adotar essas inovações novas e atraentes no varejo sem atritos?


Existe uma maneira simples de obter uma experiência atraente além dos checkouts sem caixa no estilo da Amazon: alavancar o smartphone nas mãos de cada consumidor. Os recursos dos telefones atuais, com realidade aumentada (RA), 5G e câmeras de alta resolução permitem que mercados de todos os portes forneçam experiências de loja excepcionais e altamente personalizadas para seus clientes. A pandemia normalizou o uso de escaneamento com smartphones, pagamentos sem contato e outros recursos móveis, portanto, há pouca necessidade de treinamento específico de clientes para incentivar a adoção.


O uso dessa tecnologia impulsiona relacionamentos fortes e estáveis com os consumidores e os varejistas também se beneficiam de vantagens operacionais: reduzindo a carga administrativa e custosa do ponto de venda (PDV) e incentivos baseados em papel, atendendo aos requisitos regulatórios de HFSS e capturando informações valiosas como dados de uso dos clientes. Esses dados podem ser usados ??para prever as necessidades de estoque, responder em tempo real às tendências e demonstrar o ROI das ofertas. Com essas informações, os empreendedores podem adaptar ainda mais a experiência na loja às necessidades de seus clientes e criar uma experiência de varejo perfeita e sem atritos. Tudo sem a necessidade de modernizar suas lojas ou investir em uma tecnologia cara.


Mueller avalia ainda que nos próximos meses será possível verificar uma maior fusão dos ambientes on-store (na loja) e online. A tecnologia sem contato continuará a ser integrada às lojas para acelerar pagamentos e o checkout, mas, além disso, os varejistas devem aprimorar seus próprios aplicativos para oferecer aos consumidores a capacidade de obter mais informações sobre os produtos. Eles já realizam verificações de due diligence em produtos - verificando preços ou avaliações, por exemplo - mas ao adicionar uma experiência semelhante à online por meio de um aplicativo de varejo em vez de um mecanismo de pesquisa externo, as saídas podem ser evitadas e uma fidelidade mais profunda do cliente pode crescer.


Por meio dessas interações inteligentes de captura de dados, os clientes podem se envolver com itens do dia a dia, capturando dados de códigos de barras, texto, IDs e objetos. Os varejistas podem personalizar e automatizar a tecnologia, permitindo que os clientes recebam insights em tempo real - por exemplo, fornecendo sobreposições de realidade aumentada com códigos de desconto pessoais.


O executivo pondera ainda que dodos os varejistas de supermercados, incluindo os menores e independentes, podem adotar a transição para o varejo sem atritos com recursos inteligentes de captura de dados. As lojas checkout free podem ser aproveitadas usando o poder do smartphone do dia-a-dia. A captura inteligente de dados incorporando AR e outras tecnologias em evolução podem fornecer uma oferta omnicanal perfeita, conveniente e completa sem a necessidade de uma reforma dispendiosa e demorada da loja.





0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page