top of page

Febre pink: produtos rosa vendem 39% a mais no varejo online em julho



Neste mês, o “mundo rosa” virou fenômeno no mundo e impactou o varejo online brasileiro. De acordo com levantamento realizado pela Nuvemshop – plataforma para criação de lojas online que é líder na América Latina –, durante o mês de julho os pequenos e médios empreendedores digitais venderam mais de 120 mil produtos classificados como “rosa”, quantidade 39% superior ao mesmo período do ano passado, que teve cerca de 89 mil produtos vendidos.


Do início de julho até o dia 19, considerando a base de lojistas brasileiros da Nuvemshop, houve um aumento de 20% no registro de itens à venda com a cor “rosa” na plataforma, em comparação com o mesmo período de 2022. A quantidade de produtos registrados com a cor passou de 30 mil para mais de 37 mil. Dentre os principais produtos estão: acessórios (como brincos, tiaras e bolsas) e vestuários (como vestidos, jaquetas, saias).


“Estamos observando o rosa como uma grande tendência a partir de um fenômeno cultural, com o lançamento de um filme muito relacionado a essa cor. Tudo isso é refletido nas redes sociais, com o crescimento de publicações com estética cor-de-rosa. Atentos à tendência, os empreendedores online embarcaram na ‘onda rosa’ para vender produtos relacionados à cor, como acessórios e roupas”, comenta Marcela Orlandi, Head de Sucesso do Cliente na Nuvemshop.


Outra categoria que se popularizou no período foram os itens “Pink”, que registraram um aumento de 96% nas vendas, totalizando mais de 69 mil produtos vendidos. No período, a quantidade desses itens cadastrados chegou a mais de 17 mil, o que representa crescimento de 46% em relação a 2022.

Fique de olho nos números – Mais de120 mil produtos “rosa” e 69 mil produtos “pink” foram vendidos no último mês; – 37 mil produtos “rosas” 17 mil produtos “pink” cadastrados na Nuvemshop; – Em relação a 2022, as vendas dos produtos “rosa” cresceram 39% e os classificados como “pink” aumentaram 96%.

FONTE: VAREJO S.A.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page